Institucional

Em nosso País a população de idosos já corresponde a 10,2% da população total com aproximadamente 21 milhões segundo dados do IBGE, com mais de sessenta anos e, em 2050, deve ultrapassar 29% segundo projeções do IBGE.

No tocante ao envelhecimento são inúmeros desafios a dependência, a tríade poder público, sociedade e família está sendo desafiada a buscar alternativas de atenção. Nesse Panorama, a família muitas vezes inesperadamente, depara-se com a necessidade de cuidar destes idosos,seja pelo dever moral,seja pela legislação em vigor, que prioriza a permanência dos idosos no convívio familiar conforme traz o inciso 5,capítulo 3º LEI 10.741/03.  

Considerando as justificativas expostas, percebemos a necessidade da criação de um espaço próprio focado no desenvolvimento de atividades que contribuam para o processo de envelhecimento saudável, buscando autonomia e sociabilidade, bem como oportunizar o acesso as informações sobre direitos e sobre a participação Cidadã, estimulando desta forma o desenvolvimento do protagonismo dos beneficiários.


Pesquisa